Instalei câmeras por todos os lados.

Vejo quando ela entra.
Ele ao sair.
A moça da limpeza.
Carteiro.
Entregador.
Faxina.
Vejo todos.

O rabo do gato, o cachorro que dorme.
Se uma porta abre, recebo por sms a foto do que acaba de acontecer.

Vejo tudo o que se passa.

O problema?
Não creio em nada.
Há realidades que a câmera não vê.
Momentos cuja foto não diz muito.
Há também um tal de atuar quando se sabe que alguém o observa.

Mundo.
Hoje decidir ficar trancada e de boca fechada.
Sem imagens.

(Descabelada)

Escrito por anapessoa

Deixe um comentário