Meu bodinho resolveu procurar pasto novo.
Deixou minha sala, meu canto.
Saiu e nem deixou recado.
Meu bode velho que passava horas no sofá assistindo TV.

A geladeira ficou cheia de sorvetes.
A moça da padaria ganhou presente.
Tomei sol sem protetor.
Bati perna sem roteiro.
Sem rodeio.

Com caju.
Com sal.
Batida tai em pleno inverno.

Sexta me ilumina.

Escrito por anapessoa

Deixe um comentário