13 nov

home

Agora sim, férias.
E eu aqui esperando o fim do horário do rodízio para voltar para casa e estudar francês.
Estou cansada.
Típico de último dia de trabalho.
Aquela vontade de sair correndo.
E voltar para a rua que é de onde não deveria ter saído.

Sempre me lembro de uma cena em particular.
Último dia de aula. Primário.
Chuva.
Fui para debaixo da calha e tomei um banho de água morna.
No começo, medo da mãe. Chegar em casa molhada e suja.
Depois, foi uma corrente: fila para tomar banho de chuva na calha.

Em guerra com a conjugação dos verbos em francês.
Tenho pensando sobre os poderes da semântica.
Penso que entendemos e não entedemos o que bem nos apraz.
A flor do Lácio.
Tão rica e tão complexa.

Se tomamos uma garrafa de vinho.
Usamos a desculpa da falta de memória.
Mas desconfio que tentamos em vão.
Esquecer o que nos persegue.
Mas o álcool evapora.

Sei que ando toda flores.
Um raio de felicidade.

(e em guerra com ter que decorar o que vai com avoir e o que vai être)

Escrito por anapessoa

2 comentários para “Maldito Passé Composé”

  1. ju saad disse:

    avoir – avoir de la peine sofrer. avoir faim estar com fome. avoir mal sentir dor. avoir raison ter razão. avoir soif estar com sede. avoir sommeil sentir sono. avoir tort estar errado.

    être – en être participar, maneira de ser. être à pertencer. être bien, mal estar bem, mal. être pour, contre ser a favor, contra. être quelque chose pour quelqu’un ser alguma coisa para alguém. être sans não ter. y être compreender

  2. Leo disse:

    Junto com as preposições e o “y” e le”, o passé c. é a parte difícil da gramática!

    Já a semântica é uma das partes da gramática que mais gosto…

Deixe um comentário