Nesse caso todo dos Nardoni so tem uma coisa que eu não entendo.
Agora que foram julgados e condenados, a imprensa quer mais sangue.
A manchete é que o casal pode pegar regime semiaberto em 2018.
O problema aqui é que nao basta cumprir a pena, tem que transformar a vida num inferno.
Fico pensando nos dois filhos sobreviventes. Filhos de assassinos. Filhos de párias.
Não fizeram nada e vão carregar a cruz.

O cara mais simpatico!

Peter, o terceiro lugar mais comemorado

Por aqui, fim de corrida. O terceiro lugar foi o mais comemorado. O quarto nem voou na final.
Agora rolou um jogo de futebol – convite do técnico Abel Braga.
Eu confesso que preferia ter uma boa noite de sono. Mas valeu pela diversão. A única mulher gritando palavrão no meio de um tanto de homem de camisolão. Risos e mais risos.

Amanhã, um dia em Dubai.

Escrito por anapessoa

3 comentários para “Dia escuro”

  1. F disse:

    Cada vez te admiro mais…

    Gostei do que falou sobre os Nardoni.

    Fico pensando que tristezas não ajudam, só atrapalham; e que devemos ser alegres, alegria é um estado é um modo de ser que devemos conquistar.

    Mais uma vez PARABÉNS pela sua opinião!

  2. Jåµë§ disse:

    :: É por causa do Guilherme de Pádua. Serviu 6, virou “evangélico” e está aí casado e vivendo a vida boa de novo. A Paula Tomáz inclusive faz alguma boa faculdade, salvo me engano. Isto não é bem de hoje… lembra de Doca Street?

    –xx–

    Futebol não é minha praia… zzZZzz…

Deixe um comentário