C de casa da mamãe

Um caso novo e que me deixou com a cuca fundida hoje.
Uma amiga bem sucedida, solteira, com mais de 40 vai ser mãe.
O pai? Não existe.
Mesmo.

Sim, na sociedade ainda machista, em que homens ganham mais do que mulheres para exercerem cargos de mesma hierarquia, na sociedade em que não existem pílulas contraceptivas para eles… Surge uma ameaça.
Além da piada pronta – a proliferação indiscriminada de sogras -, um questionamento tomou conta de mim: o que será dessa nova classe de mães solteiras sem pai “biológico” conhecido? O que será dos frutos dessas novas mães que recorreram a bancos de esperma?
Não quero falar de minha amiga. Estou com ela e não abro. Essas crianças terão uma senhora mãe.
Penso em mercado de serviços, em bens de consumo, em relações de trabalho.
Mães que não terão maridos ou pensão dos ex e que com isso não contam, disso não precisam.
Filhos de uma nova família.
Uma sociedade em que os homens têm menos importância. Terão algum papel?
Uma sociedade em que os homens possíveis são os filhos dos homens invisíveis.

É o começo de uma revolução.
Sexual, comportamental, profissional.
Seria uma terra de amazonas?
Com um dos seios cortados – o seio que as liga à concepção dita original?
Seriam os homens dessa nova sociedade apenas objetos para determinados fins?

Homens, tremei. O fim está próximo.

Escrito por anapessoa

3 comentários para “Sociedade das mulheres”

  1. gonçalves disse:

    James Brown – It’s A Man’s, Man’s, Man’s World

    This is a man’s world
    This is a man’s world
    But it would be nothing
    Nothing without a woman to care

    You see man made the cars
    To take us over the world
    Man made the train
    To carry the heavy load
    Man made the electro lights
    To take us out of the dark
    Man made the bullet for the war
    Like Noah made the ark
    This is a man’s man’s, man’s world
    But it would be nothing
    Nothing without a woman to care

    Man thinks of our little baby girls And the baby boys
    Man make them happy ‘Cause man makes them toys
    And aher man make everything, everything he can
    You know that man makes money to buy from other man
    This is a man’s world
    But it would be nothing, nothing
    Not one little thing
    Without a woman to care

    He’s lost in the wilderness
    He’s lost in the bitterness
    He’s lost, lost and …..

  2. anapessoa disse:

    Apesar de amar essa melodia, devo te dizer que o barco está virando…
    E acho que isso não vai dar certo..
    Tinha que ser Everybody’s world…

  3. gonçalves disse:

    Claro, claro…Mas como você fez peso na popa, fui à proa pra equilibrar o barco.

Deixe um comentário