Centro da cidade, serra, praia. O fim de semana foi de muita exploração interna e externa.
No centro, pontos históricos e pontos folclóricos.
A rua do comércio local, rua das Calçadas…
Um mundaréu de gente e a invasão chinesa.
Angariei um mosquiteiro de 12 reais no camelô.
Fico louca para me misturar e, quando chego, sou transformada em um ser estranho à multidão. Não sei se é o branco da pele o preto do cabelo, mas ou é gringa… Daqui não é.
Talvez a roupa, o pensamento…
Suei feito tronco de seringueira.
Depois, Ilha do Leite.
Mercado com muita cerveja e charque.
Padaria sensacional.
Almoço em Gravatá – uma coisa quero ser Campos do Jordão.
E, para rebater, Porto de Galinhas com maré alta.
E aí, vida, para onde mais iremos?

Escrito por anapessoa

Deixe um comentário