Posts com a Tag ‘amigo’

Só não pode tocar

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

escada rolante

Então mais uma vez de ponta cabeça.
Daqui de cima não consigo te enxergar direito.
O calor em excesso muda a minha personalidade.

Ando com paciência de monge budista.
E uso uma capa que me deixa mais tolerente.
A beleza ajuda e, quando falta, não atrapalha.

Ana bobinha.

Estou aqui me enrolando com as horas.
Deixando tudo por fazer.
Controlando São Paulo por telepatia.
Insistindo em não molhar os pés.
Mesmo que chova garoupa.

Ah, meu amigo, você ainda por aqui?

Eita de novo

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Segundona começando quente.
Técnico da Net às 8h em ponto.
Corrida para a hidro geriátrica – meu chinelo arrebentou e fui arrastando a sandália para a piscina.
Piscina gelada e a semana gritando…
Conversa com a empregada. Demissão.
Essa vida de gente grande que não releva, não tem um tão grande coração.
Corrida para a Berrini, templo dos grandes negócios.
Almocei com um novo amigo querido que chegou atrasado na história.
Fuga para ver tudo o que não posso comprar.
Trabalho – não rendeu nada.
A cabeça fervilhando. Trabalhar para pagar tudo o que não posso comprar.
Briguei com o WalMart de novo.
Comprei panelas chinesas, panelas avacalhadas.
Vieram com boca oval e tampa rendonda. Devolvi.
45 dias depois, mais panelas.
Vieram com as bocas cortadas – como se fossem um adereço da Lady Gaga. Pedi socorro, não quero mais WalMart – nunca mais nem de novo.
Marquei reunião.
Cancelei reunião.
A semana nem começou e já quero um domingo de novo.
Comprei um software de demissão.

(Funciona tanto e tão bem que penso em fazer automedicação)