Posts com a Tag ‘baba de moça’

Assim, de repente

terça-feira, 29 de março de 2011

Como pode?

Acordei com todas as certezas.
Fiz faxina na agenda, arrumei  as contas, mandei olá para a pessoa que nem foi tão legal assim mas precisa de um apoio hoje…

Enchi o pulmao de ar, perguntei para a minha barriga: “- Pronta?”
Ela me respondeu: “- Acelera!”

E a Ana do Instituto Decroly caprichou na maria-chiquinha torta, no plique-pleque de moranguinho na franja e foi tomar ventania.
De repente, tudo o que deveria ser “feito” (ou seria “tudo o que se espera de das pessoas”?) sumiu da lista de tarefas.
E uma certeza puxou outra, e os nós foram sendo desatados como fio de ovos em calda de baba de moça. Não havia medo, mágoa, pressão, tristeza ou  problema. Não havia nada. Era tudo pequeno demais para ser notado.

Acelerei.

E pensei que vou esperar pela próxima manhã para descobrir se é tudo verdade.