Posts com a Tag ‘computador’

Sal, sol, chuva

terça-feira, 12 de julho de 2011

Sal com chuva, esqueci minha sombrinha.
Ar condicionado desligado, o gato derrubou água no computador, no celular, no iPad.
Acordar muito cedo pode resultar em horas demais.
Prometo todos os dias ganhar massagem, rir do que vier e não esquecer o telefone no carro.
Chuva com calor?
Casamento do Alaor? Ou Babilônia de Nabucodonosor?
Quando menos se procura, mais se acha e no final se perde tudo de novo?

Mistérios da caixinha de jóias – você não precisa responder nada.
Mas que essa sopa de letrinha diz muito… Diz.

Um mercado com pedido de cerveja gelada

Momentos de ternura

quarta-feira, 11 de março de 2009

Foto feita por testemulhas em St.Tropez

Foto feita por testemulhas em St.Tropez

A plaquinha de patrimônio do meu computador tem um número.
Um número clonado, pois pertence ao laptop do computador de um colega.
O ID do meu laptop do trabalho é desconhecido…

Que bonito é…

Hoje toca meu celular.
Um cara do meu antigo trabalho.
Sabe aquele mala, picareta? O que todos evitavam?
Ignorei as duas chamadas.

Que lindo é…

Minhas notas fiscais para reembolso foram colocados num envelope.
O envelope foi mandado por malote interno da empresa.
E não chegou ao departamento financeiro.
Tenho uns 500 paus de reembolso a receber.

Que maravilha é…

Depois a gente lê a manchete “Sobe para 17 número de mortos em massacre em escola na Alemanha” e não entende a juventude violenta…
Hoje eu poderia produzir a seguinte manchete: “Maquiada, de salto alto e com um bastão na mão”
Olho: “Funcionária enlouquecida quebrou 30 computadores, destruiu a máquina de café e fez refém Francisco da Silva, contínuo do departamento financeiro.”
Miolo da matéria: “Ana Pessoa só libertou Da Silva depois que confirmar no posto de auto-atendimento que havia 1000 reais de crédito em cada um dos 50 cartões de VR que recebeu.
Apesar do cerco da polícia, a funcionária foi vista a caminho do Aeroporto de Guarulhos.
Testemunhas disseram ter visto uma mulher com as mesmas características físicas da funcionária louca tentando pagar uma passagem só de ida para Paris na primeira classe com cartões VR.”