Posts com a Tag ‘conforto’

Saudades da i.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

capa-vgi
A melhor coisa desses novos tempos é não precisar ficar concentrada em um só job. Para quê ficar histérica com aquele seu trabalho, com as mesmas pessoas de sempre?
Tenho uma teoria: não se leve muito a sério.
E aprenda a delegar.
Quem sabe delegar, conquista uma equipe fiel.
Porque delegar é confiar.
Você confia na equipe e não controla.
Você confia no parceiro.
Eu tendo a confiar. E não faço muita tempestade em copo d´água.
E te pergunto: será que você tem mesmo que fazer como todo mundo?
Eu sempre tive mais preocupação com a estratégia do negócio. Ora, o que é mais importante? Quantidade ou qualidade?
Porque atacar no varejão é muito fácil. Difícil é criar uma marca.

Hoje é feriado em SP. Já vi meus emails do outro job e agora virei a chavinha. Concentração total no fechamento da i. A revista está um luxo total (a capa aí de cima é da última edição de Campinas). Editorial de Giovanni Frasson arrasando: fotos de pais e filhos by Miro (preto e branco, bien sûr – e só gente linda na foto).Loiras poderosas num cenário Riviera Francesa – Gianne Albertoni surpreendeu. E muitos eventos hypados.
Confesso que não sou daquelas que se amarra num evento bombado.
E nunca fico com brindes ganhos na profissão.
Me dá um ar de liberdade não me ligar em regalitos.
Se eu quiser, eu compro, graças a meu estilo nada amador de ser (e sem modéstia).
Mas esse mês não deu para escapar: SPFW no lounge fervido da Vogue.
Gente bacana dando dicas de viagem realmente interessantes: em Tóquio, uma galeria de aluguel. Super moderna. Vou lá!
Uma loja de flores em Paris – não é charmoso?
Ou um clube exclusivo em NY – daqueles que só para quem vive por dentro.
Gente, que delícia ter liberdade.
Não ser o funcionário padrão que se afoga num trabalho e não vê o que acontece lá fora.
Que delícia ganhar dinheiro para ter uma vida confortável.
Que delícia ter encontrado um parceiro para toda a vida.
Que delícia ir para a i. e encontrar Claudinha e Isa, duas profissionais que têm prazer em fazer com arte.
E fazem muito bem.
Adoro gente assim, generosa, aberta e boa para caramba.
Salve a i!