Posts com a Tag ‘corrida’

Depois do inverno,

quarta-feira, 17 de julho de 2013

a primavera.

Minha cabeça aqui e os pés para o ar.
Correndo nas horas erradas – o que faço de melhor.

(Minhas primaveras)

Gritando pelas ruas.
Lendo o povo cheio de opinião.
Feliz por um Brasil errado e tão encantado.

(Nikes, Eikes, Lulas, Fernandos e outros quetais)

Pensando de verdade em uma praia no fim do ano.
Em sangue.
Em ferro em brasa.
Em dinheiro caindo do céu.

Velocidade de cruzeiro.
Libertadores da América.

A cuca pode fundir.
Confundindo tudo.
E todos.

De pernas para o ar.
Num inverno que não se encontrou.

Em mim.

Semana 1

segunda-feira, 11 de junho de 2012

segunda com chuva?

E a semana começa com um belo pé d’água.
Para derreter o gelo, limpar a alma e te lembrar que um escritório pode ser um bom lugar.
Imagine ficar em casa de pijama e meia grossa, enquanto a turma da faxina conjetura sobre seus hábitos e obrigações.
No escritório, um bom café de máquina pode ser a salvação.
Uma conversa de corredor, um resolver tudo de uma vez porque hoje não tem sol lá fora (mesmo que você fique numa baia distante da janela).

E aí me lembro de correr na chuva com calor.
No início, você e alguns incautos.
Depois, você e você.
Ninguém.

O tênis, encharcado, fazendo barulhos estranhos.
A roupa, antes fria, agora ensopada com um líquido meio morno: chuva, suor e seu corpo trabalhando duro para manter a temperatura.
Alguns passarinhos escondidos nos galhos das árvores.
As avenidas engarrafadas.

Os pés mantém um ritmo bom para que o corpo não entre em choque.
A semana começa com um único objetivo: ducha quente.
Depois os carros, o caminho, o trabalho, o café de máquina.

Bom (re)começo.

Sábado

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Por que hoje acordei pensando que era sábado.
Sábado de sol.
Coloco minha malha.
Corro meus 7km no parque.
Banho rápido com óleo para deixar a musculatura acordada.
Carro.
Um dedinho de gim.
Zimbro, zimbro, zimbro.

E é quarta-feira.
(ainda)

Momento viagem

terça-feira, 12 de maio de 2009
Foco nas sardas

Foco nas sardas

Dia corrido.
De manhã, pilates, abdominal.
Depois, reunião na Telefonica.
Fizemos uma concorrência – o que era 500 caiu para 177. Fiquei pasma.
A mesa de compras amou. Disse que virou case.
Vamos ver se, com o preço tão baixo, o serviço continua de qualidade.
Depois, Terra – correndo.
Depois almoço-benchmark com o G1.
Depois, chá de aeroporto.
A turma do TTT gostou dos meus comentários sobre o mundo da internet.
Eles foram sinceros.
Contei como é o mundo arcaico da Construção Civil.
E a loucura que é o mundo da internet.
No meio da confusão, liga uma head hunter.
Agora é…
Comigo é sempre tudo ao mesmo tempo agora.
Se eu engordo – são logo 6 kg.
Se eu corto cabelo, 20 cm.
Se eu recebo uma boa proposta, logo recebo outra.

Isso é bom. Isso é complicado.
Porque também tem a época de maré baixa.
E é aí que os 6kg aparecem. Risos.

Enfim, a maré baixa começou a dar sinais de que vai embora.
Tô ralando para perder 2 kg.

Segunda-feira é um dia estranho

segunda-feira, 13 de abril de 2009

boza3
A segunda promete.
Cheguei hoje e descobri que minha vizinha chata mudou de lugar.
Coitado do Alê e do Jorge. Ela foi para as bandas deles.
Empolgada, voltei minha tela do computador para o local de origem, ganhei mais espaço e não sinto facas nas costas. Que beleza!

Hoje, para queimar o bolo de Páscoa da Havanna (com muito doce de leite e gotas de chocolate), pintou professora nova de Pilates.
A mulher parecia um sargento. Depois, corrida – 7K em 45 minutos. (Deve ter sido influência do sargento). Mas ainda tenho que queimar os ovinhos de doce de leite, o sorvete, o chocolate ganache da Kopenhagen, enfim, tô devendo a alma e mais um pouco. Só fazendo um pacto com o diabo para me salvar…

Aliás, fui na nutri hoje e descobri que o pilates anda fazendo efeito. Depois de ficar dias dependurada de cabeça para baixo com o pé segurando uma bola, o outro pé segurando um bastão, com as banhas da barriga escorrendo, as banhas das costas contorcidas e tudo isso com o abdome contraído, alguma coisa iria acontecer. Fala sério! A tortura foi recompensada!

Amanhã, vou fazer minha estréia nos tribunais. Tenho que ir ao TRT de São Paulo. Contarei tudo em um post após os eventos…

Agora, no exato momento, estou tentando ser atendida pela Tim. É ótimo ser usuária de celular no Brasil. Uma beleza…
CLARO que não fui atendida e tomei três desligadas na cara.
Eu preciso tomar vergonha na cara e partir para outra operadora.
Ninguém merece!

Enfim, vamos em frente.
Porque hoje é só segunda.