Posts com a Tag ‘doido’

Samba do doido sem razão

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Deixando a negritudepara trás

Acordei de bom humor, saí pra sentir o sol
Num impulso feminino
Gastei todos os meus cobres
Troquei a peruca negra por uma nem loura nem castanha

Animada e sem vintém
Caí de boca na calçada
Ah, a realidade!
Menino com febre
Zelador folgado
Vizinho nervoso

Explico:
O zelador inventou de guardar o carro na garagem
Não pode, não pode!
E o velhinho do vizinho, chutou porta
Queria dinheiro indevido
Tentou me convencer no grito

Síndica às avessas
Sou daquelas caretas
Preto no branco e não tem discussão
O problema é que Tim Maia já não se faz como antigamente
Hoje em dia, chutou porta, ou é doido ou é ladrão…