Posts com a Tag ‘gente boa’

Pessoas

segunda-feira, 9 de março de 2009

pa200007
Gente,
ficou fofo o texto do Alê sobre minha pessoa humana no mural do Terra.
Nos últimos tempos – especialmente no ano passado e agora – mudei de trabalho (depois de 10 anos no mesmo lugar) e, embora ainda esteja “pelejando” para me encontrar profissionalmente, tenho ficado impressionada com a alegria de encontrar pessoas.
É verdade. Em minha antiga empresa, de (arght!) construção civil, conheci 3 mulheres incríveis. Adriana, Cris e Tati. Uma não parece em nada com a outra, mas são todas muito fortes. Gente que vem de mundos diferentes e que se encontra no trabalho. Uma, com sua risada indefectível, outra com seu otimismo, a outra, uma meninona cheia de personalidade. Todas poderosas. Todas que sabem se impor. E todas trabalhadeiras. Nós nos divertimos – e algumas se estranharam, risos – enquanto estivemos juntas. Agora, com cada uma seguindo um caminho, fica o bem querer de termos nos encontrado e de termos aproveitado o tempo juntas. Isso é melhor do que vender 80 apartamentos pela internet tendo gastado só 10 mil em google ad words.

Aqui, no Terra, Alê e Jorge são uns amores.
Dois “figuras” super positivos, a fim de trabalhar, de crescer, mas, também, querendo mais da vida do que só um trabalho.
É engraçado, mas me sinto numa câmara de descompressão.
Sai aquele clima de competição da TV que, muitas vezes, mistura sacanagem e ego, e entra o admirável mundo novo.
Gente que não quer se dar bem em cima do fracasso alheio.
E isso não vale mais que um milhão de dólares?
Eu acho que vale.
Afinal, eu só acredito em grana que vem honestamente. E, para isso, é preciso trabalhar com mais gente. Ninguém, nem Warren Buffet, ficou rico sozinho. E ser feliz nas pequenas coisas, ter o pensamento positivo, eu acredito, é que nos faz chegar no tal “lá”.
Enfim, elucubrações em um dia de decisões (que não são minhas mas me afetam).

Ah! E está confirmado: a louca aqui vai passar um findes em NYC. É na última semana de março!
Comemoração dos 34.
E um pé na bunda da crise.
Afinal, a vida é para ser vivida.
E uma escapada assim tem tudo para ser um verdadeiro sucesso.
(Daí a foto tirada em NYC numa super trip no fim do ano passado)

pa250006