Posts com a Tag ‘iPad’

Sal, sol, chuva

terça-feira, 12 de julho de 2011

Sal com chuva, esqueci minha sombrinha.
Ar condicionado desligado, o gato derrubou água no computador, no celular, no iPad.
Acordar muito cedo pode resultar em horas demais.
Prometo todos os dias ganhar massagem, rir do que vier e não esquecer o telefone no carro.
Chuva com calor?
Casamento do Alaor? Ou Babilônia de Nabucodonosor?
Quando menos se procura, mais se acha e no final se perde tudo de novo?

Mistérios da caixinha de jóias – você não precisa responder nada.
Mas que essa sopa de letrinha diz muito… Diz.

Um mercado com pedido de cerveja gelada

Casa

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

All the world’s a stage,

And all the men and women merely players;
They have their exits and their entrances,
And one man in his time plays many parts,
His acts being seven ages. At first, the infant,
Mewling and puking in the nurse’s arms.
Then the whining schoolboy, with his satchel
And shining morning face, creeping like snail
Unwillingly to school. And then the lover,
Sighing like furnace, with a woeful ballad
Made to his mistress’ eyebrow. Then a soldier,
Full of strange oaths and bearded like the pard,
Jealous in honor, sudden and quick in quarrel,
Seeking the bubble reputation
Even in the cannon’s mouth. And then the justice,
In fair round belly with good capon lined,
With eyes severe and beard of formal cut,
Full of wise saws and modern instances;
And so he plays his part. The sixth age shifts
Into the lean and slippered pantaloon,
With spectacles on nose and pouch on side;
His youthful hose, well saved, a world too wide
For his shrunk shank, and his big manly voice,
Turning again toward childish treble, pipes
And whistles in his sound. Last scene of all,
That ends this strange eventful history,
Is second childishness and mere oblivion,
Sans teeth, sans eyes, sans taste, sans everything.

William Shakespeare

37 famílias formalizaram reclamação e alegaram perdas e danos durante a operação no Alemão.
O exército não quer permancer na favela por medo de “contaminação” de seus homens.
Um homem sozinho, supostamente acusado de abuso sexual, enfrenta os governos do mundo com um site.
A Amazon tirou o corpo fora.
Em São Paulo, 13 policiais foram presos suspeitos de participar de roubo a bancos.
Em Pindorama, bobos fazem fila, pagam mico e compram iPads (provavelmente os mais caros do mundo).

A minha personagem, em pleno “plot point”, segue claudicante.
Três dias insone.
Brincando com fogo e água.

Meltdown

terça-feira, 25 de maio de 2010

O terceiro passo, para mim, tem que ser transformado.
“Tome a decisão de entregar sua vontade e sua vida aos cuidados de Deus, como nós O compreendemos.”

Pois eu conto o que me aconteceu.

Acordo às 6h e corro para o metrô.
Vejo a multidão que toma os trens as 6h30. Tudo certo – estou no contra-fluxo.
Chego na hora certa no analista… e dou com a cara na porta.
A consulta é amanhã e não hoje.
Risos.

Tomo o metrô de volta, vou para a academia, tomo um banho de HORA E MEIA!
Francês.
Feijoada com amigo.
Decido não ir para o escritório.
Passeio com a cachorra – às vezes eu penso que bati com a cabeça…
Mas o mundo pode ser simples assim? Por que eu compliquei tanto?

Hora do passo 3!
Ontem ligam na revista e pedem para alguém ir ao encontro do VP de marketing da Burberry. Eu, na fase “com tempo”, topo.
O encontro foi hoje e cheguei – como há tempos não consigo fazer (e sofro) – na hora certa.
Pedi um chá de 30 reais (era o mais barato do cardápio) e pensei: estou louca da silva. Vou me encontrar com a presidente da marca no Brasil e com um dos VPs mundiais e nem me preparei… Confiro o look, tomo o chá milionário e espero pela dupla. A proposta era bater um papo sobre nosso mercado.
O moço aparece bem vestido, todo de negro. Ele me mostra todos os projetos no iPad e diz que quer conquistar a América Latina via mundo digital.
Meu D-E-U-S, isso só pode ser um sinal!
Uma das casas mais antigas da Inglaterra dá um banho em muita marca nascida ontem e que se diz modernete.
Os caras querem apostar todas as fichas em redes sociais, websites, blogs e bloggers – santo Deus da plataforma digital!
Existe vida inteligente na Terra!

Saio feliz e matutando idéias.
Ontem à noite pensei numa maneira super agradável de passar os próximos 3 meses.
A Burberry vai ter que esperar…

Abaixo, onde está Wally em 3 segundos:

O mundo não é aqui

sábado, 10 de abril de 2010

Vi e gostei:

Compradores de iPads nos EUA

O que você vê no gráfico? Eu vejo que, muitas e muitas vezes, o assunto “do momento” é centro de atenção de grandes minorias densamente concentradas. Apenas os grandes centros urbanos americanos (e não de todos Estados) compraram o iPhone de Itu. Ou seja: existem outras coisas mais importantes acontecendo enquanto você acha aque está na crista da onda…

Eu vou fazer um comparativo: o meu trabalho é a população que comprou iPad. A minha casa, não.
Portanto, este sábado não vai ser de iPad.