Posts com a Tag ‘jardim’

Pedrinha

terça-feira, 6 de setembro de 2011

o gato subiu no telhado

Quem sabe, sabe, quem não sabe vá ouvindo.
Em fase de nada podes, faço minhas micro rebeliões.
Dirijo para lugares distantes.
E vejo os jardins das casas ricas e as empregadas que saem apressadas pela calçada.
É tarde, é tarde.
E ninguém nota flores ou árvores frondosas.
Volto pelo sol.
Reunião, discussão – o de sempre com novos interlocutores.
Casa.
Passeio com cachorro.
O pinguim anda melhor, mais ereto, mais fagueiro.
Cachorro com bolinha, casa toda arrumadinha.
Animada, enfrentei a medicina, a família, os conselheiros.
Hoje abri uma latinha.
Interinha a latinha.
De trigo – minha -preferida.
Bebi devagar.
E minha barriga ficou quietinha, degustando.

É tarde, é tarde.
Atire a primeira pedra.

Assim, de repente

sábado, 21 de maio de 2011

mineiridades

Pensei em me mudar para uma casa.
Não posso reclamar do momento em que o Brasil está vivendo.
Estamos em 6º lugar no ranking das cidades com bilionários…

Quem sabe?
No meu quarteirão… Quintal, edícula, uma praça em frente.
Eu posso ser uma pobre excêntrica no jardim dos bilhões.

Assim, sem pensar, os dias têm se agitado.
Não tenho mais horário para marcar almoço com amigos.
Um trabalho novo pinta.
Eu vou inventando modas e modos.

Assim, num sábado, suco e argentino (não combina, eu sei) e “pau” no ex-presidente do FMI.
Reunião com arquitetos.
Adoro gente maluca.

Cachorrada. Sorvete. Gataria.
Sábados frios com sol.
Repetitiva, sem imaginação.
Textinho vagabundo e reciclado.
É, como diz a anetoda, o que temos para hoje.
(e é uma delícia – por isso divido – afinal, disseram que o apocalipse seria hoje)