Posts com a Tag ‘meias’

Cannolis

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

 

doce açúcar café

doce açúcar café

Siciliano, puro açúcar.
Doce com ricota, limão, chocolate ou baunilha…
A Itália tem sotaque bem mais doce no Bixiga.

Tomo café turco a seco.
Muitos projetos interessantes para quebrar paredes e derrubar muros.
Direto, sem rodeios.
O cacife é sempre alto e restritivo.
Como eu gosto do perigo.

Dias de pouco sono, muitas idéias e um turbilhão de coisas.
De Converse verde, salto ou tênis para praticar esportes.
Meias, malhas, vestidos justos ou de pernas nuas.
O calor deixa o frio em São Paulo.

E eu sinto a primavera chegando.
Com todas as flores num ramalhete único.
Uma delas deve durar mais que as outras.

Capítulo 19 – Então ele teve um dia normal

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Almoçou com os colegas e falou do chefe.
Olhou para as bundas carnudas das secretárias.
Encontrou-se com a analista na escada do escritório.
Como sempre acontece nesses casos, foram flagrados ao voltar para o hall do elevador.

(Negaram veementemente – como sempre acontece nesses casos)

Pegou o carro no quarto subsolo e foi para casa.

Banho, jantar, o filho que já dormia.
A mulher reclamava da empregada.
A Babá sussurava ao celular histórias de toucador dos patrões.

E ele percebeu, com graça, que havia saído de casa com meias de cores diferentes.
No pé direito, uma cinza.
No esquerdo, uma negra.