Posts com a Tag ‘miriam leitao’

Sem açúcar

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Vem cá, Miriam Leitão, tirando doce de criança? Olha bem a nota que você publicou:

Caipirinha fica 51% mais cara para o consumidor
A inflação não poupa nem a caipirinha. Segundo cálculos da FGV, a bebida brasileira subiu, em média, 51,78% nos últimos 12 meses, pesando no bolso – e na ressaca – do consumidor. Isso significa que ela está muito acima dos 4,42% registrados pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) no período.
De acordo com o economista André Braz, da FGV, o aumento está relacionado às altas observadas nos preços dos ingredientes: limão (8,93%), aguardente (17,94%) e açúcar (69,81%).

Opa, opa! Esses números têm que ser avaliados com frieza (e muito gelo):

Caipirinha– qual é a porcentagem usada de cada ingrediente para fazer uma caipirinha ? Afinal, tem que calcular essa alta no tempo gasto para consumir o produto (e, também, se vc bebe um litro por dia tem impacto diferente do impacto de quem bebe um litro por ano – é uma espécie de amortização);

– Com os dados acima esclarecidos, quanto custa cada um dos produtos em valores absolutos? Porque um aumento de oito por centro sobre um real é diferente de um aumento de 70% sobre 5 reais. 

Fui no Pão de Açúcar na Web e esclareci tudo – porque isso é assunto de segurança nacional em época de pré-carnaval. Veja o que o oráculo dos supermercados me disse:

Açúcar refinado DA BARRA (1KG) = R$2,24 (com o aumento vai para R$3,80)
Cachaça Branca SAGATIBA (Garrafa 700ml) = R$ 12,90 (vai para R$15,21)
Limão Tahiti Pacote (1Kg) = R$ 1,87 (com o aumento vai para R$2,18)
Total: R$17,01 (com a inflação, a conta fecharia em R$21,19)

 Alto lá! Em pleno carnaval jogar água no nosso chopp e urubuzar a caipirinha por conta de QUATRO REAIS…  Com isso não pago nem uma cerveja de ambulante… Por favor!

Chama o Roniquito para refazer essa conta! Ou então, para simplificar, tira o açúcar da capirinha e passa a régua!Miríam Leitão, não estou te reconhecendo!

Roniquito de Chevalier, meu filho, manda uma mensagem da adega do céu porque tão querendo fazer quizumba no Antonio´s e vão cortar minha cota de confete e serpentina!

OoOoOoOoOoOoOoOoOoOoOoOoOoOoOoOoOoOoOoOo

Mudando da cachaça para o vinho de Champanhe…
Li ontem que vai rolar “barraquinha” de degustação de caviar e champagne (com “g” para ficar mais chique) no Shopping Cidade Jardim.
A partir de R$150, você já pode mandar ovas de esturjão para dentro…
Que coisa mais sem senso: “Vou ao shopping degustar uma borbulhante champanha (com “A” mesmo) e comer uma colher de chá de caviar”. Oh! Ah! Uh!

Como protesto silencioso, vou tomar uma caipirinha sem açúcar no Mercado Central de Belo Horizonte.
Para acompanhar, pão com jiló acebolado.

E passa a régua!!!