Posts com a Tag ‘personalidade’

Papéis

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Buscando as perguntas certas

Estou dormindo, trabalhando e recebendo um canil/gatil num quarto de hóspedes.
Minha sala é um exemplar de programa Colecionadores Compulsivos.
Meu quarto, o lavabo, um quarto – tudo cenário de guerra com armas brancas.
No fim de semana consegui trabalhar e viver razoavelmente bem.
Mas fugi de casa o quanto pude – fui para o parque, fui dar voltas. Usei parte da sala para não ver nada na TV.
Esta semana farei minha última viagem internacional do ano – pelo menos foi o que me propus.

Ok. E agora, José, Maria e João?

Hora de repensar tudo – pela enésima vez.
São Paulo ou não?
Consegui me organizar para trabalhar onde os clientes estão – portanto São Paulo ou Quixeramobim, tanto faz.
E sempre tive um pé na estrada.
Mas justo agora que eu queria sossegar?

Vai ver que é por aí.
Chegadas e partidas.
Uma não-rotina obrigatória.
Um reinventar constante.
Um andar no limite.

Borderliner?
Uma pessoa com um transtorno de personalidade borderliner muitas vezes experimenta um padrão repetitivo de desorganização e instabilidade de auto-imagem, humor, comportamento e relacionamentos pessoais.
Isto pode causar sofrimento significativo ou prejuízo no amizades e trabalho.
Uma pessoa com este transtorno muitas vezes pode ser brilhante e inteligente, e parece ser calorosa, simpática e competente.
Elas às vezes pode manter essa aparência por anos, até que sua estrutura de defesa desmorona, normalmente em torno de uma situação estressante, como o rompimento de um relacionamento romântico ou a morte de um pai.

Olha, não sou psiquiatra – mas nada me pareceu muito estranho, menos o desmoramento.

Contei que estou fazendo Estudo Biográfico?
De onde viemos, onde estamos, para onde vamos…
Interessante e difícil.
Bom para quem gosta de escrever…
Pesquisando histórias dos antepassados.

Esses 30 chegando aos 40.
Agora não dá pra chutar tudo para o alto (?).
E os chutes são garrinchinianos – até quando displicentes são para a bola bater na rede.

Vou sair arrastando meu sling por aí para ver se me inspiro.