Posts com a Tag ‘Renner’

Gatinho

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Eu adoro futebol, mas Copa do Mundo… Essa nem começou e já estou com “bode”.
Primeiro foi a febre do álbum de figurinha. Os viciados em Farmville atiram a primeira pedra!
Essa papagaiada de Shakira, Black Eyed Peas… Mistura com acidente da neta do Mandela… Equipes de estrangeiros (incluídos os profissionais brasileiros) que precisam de segurança privada para circular na cidade.
É uma coisa meio Salvador Dalí com a Gala mais louca e masoquisto do que o usual.
E as fofocas sobre jogadores, e o jogador que quebra o braço? Fica tudo tão “espetacular” que o futebol é coadjuvante.
Nas Olimpíadas da China, cobriram favelas com tapumes coloridos.
Na Copa da África, insistem em dizer que todo e qualquer crime foi cometido por e contra locais. Como se tudo isso fosse normal.
Aguardem os eventos no Brasil!
Eu estou pensando seriamente em montar uma banquinha de fotos de lambe-lambe. Aquelas de circo, sabe? Em que vc ganha a foto para olhar com um monóculo de plástico… Leve a lembrança do seu assalto no Brasil.
Coloque sua cara e finja que vc está entre os líderes do PCC…
A foto com dinheiro na cueca vai bombar! Tenho certeza.

oOoOoOoOoOoOoOoOo

Toucador

Agora que passou o prazo regulamentar e o clima permite… que bomba!
Quem acompanha o blog a tempo já sabe:
– Ele foi parar na mesa da presidência da antiga empresa – e foi absolvido com louvor.
– Ele causou briga com a ex-melhor amiga e com o namorido dela
O que pouca gente soube é que na outra ex-empresa, ele também foi motivo de discussão da alta cúpula. Ao ler o que escrevi, teve gente vestindo a carapuça e aí eu tive que recolher pena. Porque contra as neuras do outro que está acima de você na hierarquia, não há remédio…
Nesse período de ditadura, que tristeza.
Eu louca para escrever e tendo que me segurar – vai que o outro lê a crônica do periquito e acha que estou falando da careca dele?
Vai que conto que tomo chopp quando devia beber água?
Ai, que bom seria se eu ganhasse dinheiro para escrever a minhocada que sai da cuca.
Eu bem que tento, mas o dindim só entra para eu florear a realidade.
Então vamos plantar jardim.

oOoOoOoOoOoOo

de olho no futuro

Ou isto ou aquilo

Entre uma marca inglesa de primeira linha, um scotch legítimo, um magazine americano que já foi brasileiro, uma agência francesa que já foi americana do Gates… ou Paris e tudo de novo e outra vez… O que você faria?

oOoOoOoOoOoOo

Sobre o tempo

Essa semana o monge contou a história do chinês.
Ele correu do tigre e pulou no precipício. Lá havia uma corda e ele se agarrou nela.
O tigre lá, com fome.
O abismo embaixo, sem fim.
O chinês viu um morango. Com uma das mãos segurou a corda.
Com a outra, pegou o morango.
“Que morango doce”

Escovou o dente?

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Picture-4-18d8345086bb1f70ebe93f13ce4f21f95f2bd1e08_mHoje foi o dia das meninas.
Voltar para o meu pilates, para a minha corridinha de 5 km em trinta e poucos minutos. Encontrar a ex-chefa no personal. Que me conta que chutou o pau da barraca, declarou-se para um velho amor, ficou no melhor hotel da cidade – enfim: fez por merecer o luxo de ter coragem.
Encontrar Fabiana Scaranzi e Mariana Godoy. Lindas, sarcásticas, self-made women com nome e sobrenome.
Aquele almoço que nunca tem hora para acabar. Veneno espetacular.
Falando de todos e de tudo sem o menor pudor.
E inventando novos projetos.

No trabalho, botar emails em dia, preparar os novas estratégias – para  o que já está em cima da hora. Dia sete de novembro, agenda, gente!
Dois dos meus maiores ídolos da época em que eu tocava bateria e andava com uma mini-blusa cortada (e era bartender de uma casa alternativa – Squat), virão ao Brasil e minha empresa está bancando. Iggy Pop (& The Stooges), Sonic Youth. De lambuja, Primal Scream. E mais e mais. Vamos caprichar na peruca porque a lista é de primeira. Eu ainda estou tensa para trazer os meios certos, mas no dia vai ser incrível. E o lugar não poderia ser mais “metafórico”: tudo isso num parque de diversões. Eu nem quero andar de montanha-russa. Hahahahaha.

E fechar os trabalhos antigos. E preparar o espírito para novas aventuras.
E vir com cara nova para começar com pé direito.
E ter que recusar uma super proposta de trabalho. Como cantaram os Stones, You can’t always get what you want.. Se bem que a minha música must-loved dos Stones sempre foi She’s so cold. Taí porque não precisamos de terapia aos quinze anos. É total desperdício de grana.

No twitter, uma leva se vai porque tripudiei o Palmeiras.
A-do-ro falar de corda em casa de enforcado. Está no meu DNA.
E me lembrou uma música dos Beastie Boys. SABOTAGE! jajajajaja (rindo em espanhol)

E esta foi apenas a segunda-feira.
Adoro horário de verão.

Acorda, macacada!

(com minha preferida dos Stooges)