Ao ser assaltado, cuidado para não se matar…

urban2home

De manhã, CBN no rádio e o jornalista Gilberto Dimenstein oferece seus incríveis conhecimentos para o ouvinte…
Ontem uma moça de trinta e poucos anos foi morta com dois tiros ao tentar reagir a um assalto. Detalhe: ela caminhava pela rua onde fica a residência do prefeito de SP.
E nosso brilhante jornalista dá a dica: ao ser assaltado, não reaja. Pois os bandidos, nervosos, podem puxar o gatilho. E emendou um: “se a moça não tivesse reagido, a história poderia ter sido outra”.
Ca-la-ro!
Você está caminhando às 14h da tarde, num arborizado bairro de classe média alta, com um dinheiro que acabou de sacar (segundo a polícia a moça teria saído do banco). Aparecem dois sujeitos numa moto e te abordam.
Qual é a sua reação na hora?
Eu, sinceramente, com meu dinheiro suadíssimo no bolso, com minhas contas a pagar, não teria tempo para pensar. Teria uma reação quase que involuntária: tentaria proteger minha bolsa.
Num distante carnaval em Olinda, 1998, 15h da tarde, isso me aconteceu. Dois caras e um trinta e oito na minha cabeça.
Na rua, os blocos de rua cantando, distantes um quarteirão…
Eu discuti com o bandido, joguei minha bolsa no quintal de uma casa, ele ficou nervoso, o parceiro dele também. “Ô balancê, balancê…”Confetes… Gritaria.
E o cara fugiu. Salvei minha bolsa, meu talão de cheques.
Sinceramente, é de quinta culpar a morta. A culpa foi dela porque reagiu…
Alguém se lembra do Maluf? Estupra, mas não mata…
Dimenstein, nos poupe de sua “sabedoria”…

Uma coisa puxa outra e pensei no Michael Phelps.
Marijuana+Phelps=US!
Segundo o site G1, a Federação de Natação dos Estados Unidos suspendeu sua estrela olímpica Michael Phelps por três meses, nesta quinta-feira, depois que um jornal britânico publicou uma foto, na qual ele aparece fumando maconha. Além de não poder competir, o nadador também ficará sem receber o apoio financeiro da entidade pelo mesmo período.
Gente, santa hipocrisia.
No país de Timothy Leary, de Hunter Stockton Thompson , o pai do jornalismo Gonzo, o nadador recordista olímpico e ganhador de 8 medalhas de ouro tem que virar boi de piranha.
Crianças, vejam como é feio. O moço fumou maconha.
O moço que parece um gremilim tamanho GG. Viveu 23 anos numa piscina – deve ser uma uva passa de 2 metros.
E, finalmente, fez o que o pressionaram a fazer desde criancinha: venceu, papou todas as medalhas.
Agora, jovem, feio para caramba, famoso e milionário, ele quer festa. Passou dias jogando pôquer em Las Vegas, arrumou uma namorada dançarina-modelo-peladona, e foi participar de uma festinha numa universidade.
E o que os jovens americanos fazem nas festinhas universitárias? E os jovens brasileiros?
Atire a primeira pedra aquele que nunca tocou numa gota de álcool até ter completado 18 anos. Afinal, no Brasil, é proibido uso de bebida alcoólica por menores de 18 anos…

Será que estamos regredindo? Dos 70 para cá, estamos cada vez parecendo mais e mais com nossos tataravós.